livro técnicas de pintura  
afrescoaquarelaencausticatemperaoleoacrilicoalquidicocaseinavitraliconesoutras


historia

pigmentos
Amarelos
azuisbrancos
pretosterrasvermelhosverdes

Colaboradores

Caseína

PINTANDO COM LEITE

A têmpera da caseína é a pintura feita com a proteína do leite, e tem origem também na antigüidade, ao lado das outras têmperas feitas de colas animais e vegetais. As têmperas de caseína podem ser vistas na Arte dos Egípcios, Chineses, Persas, Hindus e Arte medieval européia.
A Caseína é uma proteína proveniente do leite, que pode ser utilizada na pintura, resultando em uma cola bastante sólida e irreversível na água, depois de seca.

Este é um aglutinante barato e de fácil acesso, basta ter leite, cal, água e você pode pintar. A caseína pode ser usada em pintura mural, adicionando um anti-séptico forte como a cal.
Os micróbios e fungos adoram a proteína do leite, portanto evite pintar com caseína em ambientes úmidos, senão sua pintura vai ser um verdadeiro banquete.

A caseína é uma técnica que permite a pureza das cores, pois após a secagem, seu aglutinante não altera a tonalidade do pigmento puro, como o que ocorre em outros aglutinantes.


A caseína é uma das mais fortes colas naturais, e graças a sua dureza, devemos evitar a pintura em camadas espessas. Não se deve enrolar a tela pintada em caseína, pois existe risco de craquelamento e quebra da camada pictural.

EM EDIÇÃO

site do artista Atelier Prata - Tel 55 11 4035-2057 - Cel 55 11 9597-0275 - artista@sergioprata.com.br